Páginas

31 de outubro de 2011

"Não deixe o amor passar"

Hoje é o dia D - Dia de Carlos Drummond de Andrade.

Em homenagem a esse dia, escolhi esse poema para o grande amor da minha vida:

"Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.
Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR."

Carlos Drummond de Andrade


sabor italiano

Hoje o dia amanheceu chuvoso e frio por aqui. Colhi este manjericão fresco em nossa horta e fiz um molho que amo para acompanhar a massa: pesto!

Claro que aproveitei e abri um Limoncello italiano para acompanhar este prato que é nossa especialidade!


30 de outubro de 2011

Merenda da tarde

Essa hora sempre dá aquela fominha aqui na roça...é a merenda da tarde que não pode faltar: aquele café passado na hora, bolo de chocolate ainda quente e a companhia dessa vista maravilhosa. Simplesmente muito bom!

" em um codinome beija-flor..."

Olha só quem estava encantado com a primavera!


28 de outubro de 2011

surpresa no pé de limão

Achei um ninho no pé de limão ...
De repente, olha o que aconteceu...ele estava habitado...
Logo, ela saiu para dar aquela conferida e ajeitadinha no ninho...
E saiu para ver o que estava acontecendo do lado de fora!

27 de outubro de 2011

Que dia lindo!

Hoje fez um dia maravilhoso por aqui. Perfeito para aquele banho de cachoeira.

Hum, não é que é uma boa dica para o final de semana?
Depois do passeio, comer uma truta com ervas finas, beber aquela cerveja gelada com os amigos e dar uma gostosa cochilada naquela rede convidativa do chalé...



26 de outubro de 2011

São José do Barreiro

Um pouco da da cidade...

Era também passagem de tropeiros e, devido a um atoleiro que na época das cheias dificultava a travessia, foram construídos vários ranchos, surgindo aos poucos um vilarejo.
Logo foi erguida uma capela dedicada a São José e, assim, surgiu o nome São José do Barreiro.
Com a chegada do café na região foram construídas inúmeras fazendas e casarões com muito luxo e requinte que até hoje podem ser apreciados.


A  Fazenda Pai D´Alho  recebeu D.Pedro em sua viagem para proclamar a Independência. Tombada como Patrimônio Histórico Nacional e Estadual, é hoje um marco histórico que se destina a atividades culturais e ecológicas.

Conhecida como "Paraíso do trekking no Brasil", São José do Barreiro tem a Serra da Bocaina como um dos seus principais atrativos. Nela inúmeras cachoeiras de tirar o folêgo como a Cachoeira do Veado com 200m e também a Trilha do Ouro que liga o Vale do Paraíba ao Mar que hoje é usada para a prática do trekking numa travessia de 3 dias.




22 de outubro de 2011

Novidades do sítio

Por aqui continua fazendo muito frio, a ponto de se acender a lareira, dormir de edredon e beber chocolate quente, vinho, ou que se quiser para aquecer.

Mesmo com cara de inverno, a primavera continua exibindo suas flores, como essa...

A obra do segundo chalé está quase no final. Partimos agora para os acabamentos: revestimentos, pinturas, colocação de vidros e deck. Imagino que para o feriado de XV de novembro já estará recebendo hóspedes.












Os passarinhos continuam fazendo seus ninhos e nos supreeendendo com tamanhos e formatos. Ontem achei um de beija-flor. É a coisa mais pequena que já vi. Estou na espreita para ver se consigo ver a hora que ele vai lá.

Max e Jhonny, continuam se amando e brincando o dia todo. Um amor incondicional.

18 de outubro de 2011

Tanajura, saúva

Aqui na região ela é conhecida por Bitú. Nessa época a diversão da criançada e também dos adultos é "caçar", ou melhor "catar" essas formigonas por aí. Elas estão por todos os lugares procurando um lugar para um novo formigueiro.

Elas servem de ingrediente para uma iguaria da região do Vale Histórico: farofa de bitú. Dizem que é bem gostosa...

Lembrei que tinha feito um pequeno filme, que mostra o momento que ela luta para se livrar das asas para poder começar a cavar o formigueiro.



Feriado de XV Novembro

Aqui, o despertar é sempre com o canto dos passarinhos...
Tomar café e se deliciar com um gostoso brunch, acompanhado do silêncio da montanha...
Correr ...para quê? Só se for para buscar a câmera para tirar fotos dos animais silvestres...
Trabalhar, somente a preguiça para conseguir sair daquele chalé confortável com seu amor...
Exercício, só se for caminhar pelas trilhas da Bocaina e mergulhar nas deliciosas cachoeiras...

Aproveite o feriado de XV de novembro e  venha curtir tudo isso!

Nosso pacote, com um delicioso e farto brunch incluído: 

De 11/11 a 15/11 - R$ 1.000,00 - 5 dias (4 noites)
Check in a partir das 16:00 da sexta, dia 11.
Check out até as 16:00 da terça, dia 15.


Consulte-nos: encantodabocaina@gmail.com





15 de outubro de 2011

Piquenique-se!


Amanhã, dia 16 é comemorado o dia do Consumo Consciente e o Instituto Akatu, lançou uma campanha muito legal para chamada: É Pique-nique! que convida a toda a população brasileira a invadir os parques e praças de todo país para fazer um piquenique consciente.
A ideia é incentivar a prática do bem estar e ao mesmo tempo despertar as pessoas para ações de consumo consciente desde o planejamento do piquenique até o descarte de resíduos.
Vai ser uma delícia, não fique de fora!
Leia mais em: http://www.akatu.org.br/Temas/Consumo-Consciente/Posts/Para-comemorar-o-Dia-do-Consumo-Consciente-Piquenique--se
E para relembrar seguem os 8 Rs  do Consumo Consciente:
Refletir: Lembre-se de que qualquer ato de consumo causa impactos do consumo no planeta. Procure potencializar os impactos positivos e minimizar os negativos;
- Reduzir: Exagere no carinho e no amor, mas evite desperdícios de produtos, serviços, água e energia;

- Reutilizar: Use até o fim, não compre novo por impulso. Invente, inove, use de outra maneira. Talvez vire brinquedo, talvez um enfeite, talvez um adereço...

- Reciclar: Mais de 800 mil famílias vivem da reciclagem hoje no Brasil, quer fazer o bem? Separe em casa o lixo sujo do limpo. Só descarte na coleta comum o sujo. Entregue o limpo na reciclagem ou para o catador.

- Respeitar: A si mesmo, o seu trabalho, as pessoas e o meio ambiente. As palavras mágicas sempre funcionam: “por favor” e “obrigado”.

- Reparar: Quebrou? Conserte. Brigou? Peça desculpas e também desculpe.

- Responsabilizar-se: Por você, pelos impactos bons e ruins de seus atos, pelas pessoas, por sua cidade.

- Repassar: As informações que você tiver e que ajudam na prática do consumo consciente. Retuite, reenvie e-mails.

Fonte: http://www.akatu.org.br

Depois da chuva ...

Depois da chuva, é bom dar uma paradinha para olhar a paisagem...

12 de outubro de 2011

o café e seus encantos

Café passado na hora...aquele cheirinho delicioso no ar, quem não gosta?

E quando ele ainda é flor? Você já viu quem também aprecia?


11 de outubro de 2011

Nova cor nos chalés

Integração, essa foi a ideia.

Ainda não terminamos. A chuva que deu hoje atrapalhou um pouco, mas amanhã retomamos os trabalhos!



Coisas da roça

Aqui, é muito comum dividirmos a estrada com um gavião carcará, esbarrar em um ninho aqui outro acolá, e ainda por cima achar um filhote caído sem ter como voltar para o ninho.
E foi o que aconteceu hoje. Um filhote de picapau do campo. Ele ainda não sabe voar direito e estava meio atrapalhado na estrada correndo o risco de ser atropelado.
Sr. João que trabalha na obra não sabia o que fazer com ele e me trouxe de "presente". Fizemos uma papinha de fubá que ele comeu desarvoradamente e logo depois orientei ele para que o devolvesse para o mesmo lugar onde ele achou.

Passarinho bonito é aquele que a gente deixa livre, feliz. Privá-lo de ser livre é muita crueldade.

Espero clicá-lo muitas vezes ainda pela mata da Bocaina.


ele vai ficar assim







8 de outubro de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...